Atestado de óbito: Coisas de Otaku

Querem ouvir uma piada? Falta um mês para o CDO completar três anos de existencia, porém hoje teremos apenas um funeral, e a piada é real.



No dia 11 de dezembro de 2013 um singelo ser chamado Gustavo criou um bloguinho para se enterter com novos amigos falando sobre as coisas que ele mais gostava, animes. Porém, com o passar do tempo Gustavo já não tinha todas as mesmas amizades, as coisas que ele gostava não eram as mesmas, e até mesmo sua personalidade já estava completamente perdida, logo a sua mais notória criação, conhecida carinhosamente por CDO ainda tinha os servidores da Google para morar, mas não tinha mais o coração de seu dono para se aconchegar.






É exatamente assim que eu me sinto neste exato momento, o CDO, que antes era um canto onde eu fugia de tudo, hoje em dia é uma jaula que me prende, e o pior de tudo é que eu fui o responsável pela sua criação. Porém, não se enganem, não se trata de um fim definitivo muito menos que eu "desgosto" de animes agora, mas trata-se de que o foco do CDO já me é ultrapassado e me trava, eu gosto sim de animes, vivo por eles literalmente falando, porém não vivo só disso, eu quero ser livre para falar do que me der na telha. Eu não acompanho mais as temporadas de animes, desgosto de muitas coisas que falei muito bem aqui no CDO, aliás, tem muitas coisas que falei por aqui que hoje me arrependo profundamente ou até mesmo sinto vergonha, e dentro desse pacote de vergonha está o próprio nome, Coisas de Otaku é um nome "catchy", de fato, porém eu não consigo mais me identificar com ele, não são coisas de um otaku que se vê por aqui, mas sim coisas de mim, Gustavo, as obras que me interessam, então do que adianta eu colocar uma trava em mim? Eu mesmo coloquei na minha cabeça que tipo de conteúdo e público o CDO tem, sendo que talvez eu nem conheça boa parte do pessoal que lê algo aqui, mas que de alguma forma gostam. Eu não sei do que todos gostam, eu não conheço todos e muitos menos sei seus nomes, mas criei uma única mentalidade para todos, tudo dentro da minha cabeça onde normalmente correm coisas mundanas.
E agora chegamos no ponto onde eu queria chegar, o óbito. Sim, o CDO está oficialmente morto e tão bem enterrado quanto a minha falecida autoestima, porém tudo que ele fará será dar lugar ao que eu quero fazer, onde tudo será reformulado, desde o seu nome até a sua essência, considerem agora o CDO um grande degrau de três anos, para a formação do que eu realmente quero fazer, um lugar para eu falar do que eu quero, e não do que eu acho que querem, afinal, como já é dito aqui desde os primórdios, o falecido CDO é uma ditadura, onde eu dou as leis e decido o que entra e não entra, e aqui só irá passar o que eu quero que entre, o problema foi que no final, eu mesmo não fui permitido entrar.
Então é isso, nos planos, dentro de um mês as coisas devem retornar para o seu usual, o usual que eu quero que exista, provavelmente boa parte das postagens serão deletadas no processo, além é claro que terão mudanças, e entre elas está eliminar algumas coisas comuns de blogagem do CDO, entre elas a parte de parceiros e afiliação do CDO, não tenho nada contra ninguém, e talvez tenha mais motivo para os outros terem contra mim, porém parceria só pela divulgação não tem nada de "parceiro", e talvez aqui os poucos parceiros realmente parceiros realmente tenham ciência do que ocorre, eu não vou avisar ninguém pelo mesmo motivo, porém irá correr pelas minhas redes sociais (que caso você tenha lido até aqui com certeza deve estar em alguma delas).

E aqui termina com um feliz epílogo esse blog que fez parte da minha história, e que agora é parte do meu passado, um breve adeus CDO.

8 comentários:

  1. ~crying in cdo language~ (nunca sei escrever isso certo)
    Caramba nunca pensei que fosse ler algo assim no CDO, mas já um tempo percebi que tinha cada vez menos postagens frequentes. Eu meio que entendo, comecei com o blog a uns 4 anos, e no inicio era tudo festa, mas aí começou as crises por não saber o que postar e querer um rumo pro blog, mas que nada agradava, enfim, não lembro se é permitido palavrões mas aqui vão tags honrosas ao falecido CDO '#cdozinh_puta_que_pariu #eratopper #descançaempazcdo #ascoisasvãomelhorar'
    Sei lá cara, se você mudou e acha que precisa que o blog mude ENTÃO CAI DENTRO CARA! Vou esperar pra ver as mudanças por aqui, espero que volte a postar pelo menos.
    Sobre parceria meio que sempre foi assim, mas acabei fazendo algumas amizades por conta disso, acho que isso é um espaço seu e você que sabe o que fazer com ele, realmente muitas parcerias são só por divulgação.
    Enfim, esperando o novo nome e cara do blog, eu leio aqui sim mesmo que não comente :v

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós falávamos polonês aqui antes do falecimento
      Sim, o falecimento dele não foi algo que veio do nada, apenas o aviso definitivo que tardou à vir.
      Sim, a festa mesmo só dura os primeiros meses, depois a animação varia de acordo com o caminho e grandiosidade que segue, e no caso do CDO, ele ficava cada vez mais deserto por conta própria.
      Faço das tuas tags minhas hsduhasuhda
      Voltar a postar eu irei, mas o conteúdo provavelmente vai ficar ainda mais pesado e adulto do que estava nos últimos meses uahsduashdu mas é o tipo de coisa que tem feito a minha cabeça, e quero falar sobre elas.
      Sim, como eu disse, não vale pra todos, tem blogs que gosto e conheci através de parceria, mas várias foram só pelo "quero fama e preciso de toda divulgação existente"
      Um novo nome é algo que preciso decidir ainda, mas meio caminho já está andado ahusduashda

      Excluir
  2. poxa cara, eu gosto muito do seu blog, as vezes nem é o conteudo e sim o modo de como você interage na hora da escrita, é como se estvesse falando comigo e ainda tem algumas piadinhas no começo haha. Reforme seu blog de um jeito que você gosta,não pare com ele, mesmo mudando seu conteudo eu continuarei acompanhando, não sou de comentar, mas sempre estou aqui. Eu tambem tenho um blog e sei como é dificl.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a ideia, por mais que eu não conheça quem lê, eu quero que essa pessoa sinta que tem a minha atenção falando de algo que gosto, se for pra comparar, os meus textos são como grandes mensagens, e as piadinhas já são de praxe por aqui, não importa o quão velho eu fique eu ainda gosto de fazer graça. Enfim, dito tudo isso, eu não acho que vá mudar muito no modo como escrevo, nesse quesito eu até gosto, tanto que eu mesmo leio as coisas que escrevo afinal, a mudança será na essência, eu assisto muito anime e leio muitos mangás, porém eu gosto de muitas coisas mais, e eu quero gritar elas, eu tinha um costume de filtrar muito o que escreveria aqui, meio que colocando uma "faixa" de conteúdo, bom, essa trava será retirada, e agora poderá aparecer tanto conteúdos que todos gostem como assuntos que todos irão odiar, e essa imprevisibilidade me deixa empolgado para escrever mais, então sim, será apenas uma nova identidade, e espero que seja uma boa nova identidade auhduhasds

      Excluir
  3. Ansiosa por novos posts e assuntos diferentes. Você parece ter muito pra mostrar, e não vejo nada negativo nisso... E também, um conteúdo diferenciado gera mais públicos, ou no caso, amigos.
    Boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema nem é o assunto, e sim eu próprio, afinal, eu poderia ter falado do que eu quisesse desde sempre, porém eu não conseguia, mas agora acho que posso fazer o que quero da forma que eu quero, mesmo que isso resulte em algumas perdas ou algumas coisas negativas aqui e ali, afinal, ninguém é 100% positivo o tempo todo, nem mesmo eu.
      Estarei esperando pelos meus novos amigos (humanos, e não desenhos, porém, os velhos amigos ainda sçao sempre bem vindos.

      Excluir