30 days of music - Dia 9

Jazz, bebidas, e uma dança lenta.


Dia 9 - Uma música para dançar


Eu não sou um apreciador de dança, não levem a mal, eu não acho feio nem nada negativo desse tipo, apenas não faz o meu estilo, porém eu tenho uma pequena fantasia em mente que sempre torna enquanto escuto jazz, especialmente esse dueto.
Eu gosto desse gênero, ele soa noturno e cool, porém de uma forme romantizada, uma noite de sofrência com jazz, cigarro, coquetéis e um bartender faz de você o maior hard-boiled da cidade, agora imagine, um encontro inesperado e uma dança, sob esse teto noturno e romantizado, tá mais do que agradável, é maravilhoso só de imaginar.


É, essa postagem atrasou bastante, mas isso era esperado, não sou a pessoa tão desocupada quanto pareço, enfim, terminei assim que consegui, eu pessoalmente gosto muito dessa música, eu acho o tom inteiro dela perfeito, é muito agradável de verdade, dá um tipo de good vibe eu acho, de forma estranha.

2 comentários:

  1. Tentei imaginar todo o ambiente que você descreveu e foi bem legal ahaha, embora inconscientemente tenha montando uma história na minha cabeça ashuash
    Respondendo seus comentários nas outras postagens: Sou velhinha mesmo kkkk eu tinha um blog na época, mas do mesmo jeito que você disse sentir um pouco de vergonha do seu português quando começou (só quero deixar claro que sempre achei seu blog muito legal, tanto agora quanto naquela época, vir aqui sempre me fazia dar boas risadas apskpsk), eu tenho vergonha alheia do meu eu de antigamente (não só do português aushash), e como não queria que a minha imagem se vincula-se a antiga, mesmo que ninguém fosse notar ( pois, infelizmente, boa parte dos blogs que eu gostava foram desativados) acabei criando uma nova conta, porque simplesmente não me sinto a mesma pessoa. Não sei se dá para entender ou se parece um pensamento bobo.
    Nah, sei bem, eu te tenho no Facebook, não nos falamos há 3 anos eu acho, mas não vou falar mais para não me entregar, tenho muita vergonha mesmo. Pode tentar adivinhar quem sou eu, não sei se está na cara ou não. Mas não acho que vá querer perder seu tempo com isso, então, se me permitir, vou só aparecer por aqui de vez em quando, não gosto muito de ser uma leitora fantasma kkk E desculpe a esquisitice '

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ter um enredo por trás de tudo deixa a imaginação ainda mais divertida ;^)
      O português era ruim mas no fundo a alma ainda é a mesma, creio eu que é uma evolução natural do crescimento, enfim, eu nem sei dizer em que ponto eu deixei de me sentir incomodado com o que eu escrevia, por isso mesmo que eu deletei todas as postagens anteriores. Eu tenho vergonha da minha imagem da época também, porém as pessoas que me conhecem desde aquela época são amigos até hoje em dia, pelo menos boa parte deles, o que torna a vergonha menos intensa, afinal todos sabem sobre meus níveis altos de deboche. Dá pra entender sim, é como apagar o antigo pra fazer de novo, é basicamente a premissa desse blog atual ;^) se for bobo ambos somos bobos ausduhasdh
      Até poucos dias atrás eu estava pensando sobre todos os blogs que eu acompanhava, vários deles fecharam, foram desativados, estão mais mortos do que vivos, ou eu apenas não gosto mais, chega a ser surreal o tanto de tempo e o tanto que mudou, eu gosto de manter uma plenitude, então eu raramente leio outros blogs, os poucos que ainda leio são mais de amigos ou que tem assuntos que eu gosto, a maioria similar com o tipo de coisa que escrevo por aqui, então é
      Desculpa meu autismo de Facebook, eu só compartilho porcaria xD mas a senhorita esconder a identidade só me faz mais curioso, uma hora eu descobrirei, sou bom nisso /mentira.
      Na cara quem é não está, três anos é muito tempo pra uma pessoa se manter a mesma, deve ter mudado o suficiente pra mim não reconhecer de cara, ainda mais com 3 anos sem contato, acho que nessa época eu estava no ensino médio ainda e acho que eu não tinha nem metade dos pensamentos que tenho agora, enfim, não precisa se forçar a nada, venha quando achar que quer, é sempre bem vinda :>

      Nippan -

      Excluir