30 days of music - Dia 6

Uma música emo sobre ser um emo revoltado.


Dia 6 - Uma música que te lembra algum lugar


Ao tentar escrever essa postagem eu notei algo: É difícil relacionar uma música a algum lugar, pelo menos pra mim. Não é como aquele namoradinho que você dedica uma música de amor e muito menos aquela coisa nostálgica de uma música que te remete a infância e etc. É algo mais de momento, do nada: "nossa, essa música me lembra algum lugar".

Eu escolhi essa especificamente porque ela provavelmente foi o hino de muito emo, eu não tive lá uma fase emo, mas eu fui um adolescente revoltado que se trancava no quarto e brigava por todo, e bem, o local que essa música me lembra é justamente meu quarto, antes de eu ter internet ou qualquer coisa do nível, eu só ligava na Mix TV, e quando tocava essa música eu me sentia o mais incompreendido do mundo, coisa que eu não era, era só birra de pré-adolescência. 

Eu não sou a melhor pessoa pra falar de Green Day pois por mais que eu até goste, eu acho o estilo da banda meio pobre (?), eles tem ótimas músicas, isso não se nega, mas meh, é só isso, umas músicas legais com letras dramáticas ou revoltadas, um pop-punk de nova geração que Blink 182 e outros grupos também fazem, a diferença é que eles são um tanto mais pesados (só um pouco).

Destaque pra esse clipe que até hoje é um dos melhores que eu assisti, é uma produção e tanto, e por mais que seja meio forçado, eu até assistiria um filme disso caso existisse. 



Acho que até quem não foi emo teve uma fase meio emo...????
É meio padrão da adolescência ficar triste por algumas besteiras, não dizendo que todos adolescentes tristes ficam tristes sem motivo, mas tem uns que não tem tanto motivo mesmo.

0 comentários:

Postar um comentário