30 days of music - Dia 3

Bom, sim, é agora que as bizarrices musicais se iniciam.

Dia 3 - Uma música que te deixa feliz



Destrutiva, imprevisível, mal educada, violenta, barulhenta, indecente, enfim, todos tipos de adjetivos pejorativos possíveis, todos eles, sim, todos eles definem muito bem o que é Midori. 
Um belo dia estava eu procurando pelo encerramento do anime Midori Shoujo Tsubaki, até que me aparece nas recomendações uma banda chamada Midori, e o nome da música era Wasshoi, no momento que eu pus meus ouvidos para escutar, eu notei que tinha encontrado algum tipo de tesouro.

Eles misturam punk e jazz, e até um pouco de trash, mistura essa que mesmo bizarra, não é ruim e faz a cara da banda. Suas letras em grande maioria são grandes hinos dedicados totalmente a promiscuidade, ofensa gratuita e deboche, é isso que a banda é, um grande deboche, e eu, como maior debochado do mundo, amo muito a alma que a banda tem. 

Escolhi Anta wa dare ya porque além de estar entre o meu top 3 de músicas da banda, é uma música que sempre me faz rir, eu adoro a forma como ela é maluca e mal educada, comparável ao vocabulário de delinquentes bem clichê de anime. A melodia é descartada e usada quando bem entendem, e essa bagunça e falta de educação me fazem muito feliz, me dão bom humor. Desculpem, eu gosto de coisas idiotas, bestas e politicamente incorretas.

E a cereja do bolo aqui é a sua performance ao vivo, colocando a prova toda imprevisibilidade. Improvisos, mudanças do ritmo original, saltos, gritos, correria, Mariko Goto faz do palco um verdadeiro circo, o que torna tudo ainda melhor.

Apenas como um adendo de curiosidade, Midori é uma das bandas que liderou a nova onda de rock alternativo japonês no começo dos anos 2000, abrindo as portas para o gênero e se tornando uma pioneira no meio, desde seu fim em 2010 é considerada uma banda lendária diferente de tudo já visto, e mesmo com o triste fim de carreira que a Mariko Goto teve ano passado, o trabalho e história que Midori fez dificilmente será esquecido por uns bons anos.



E cá estamos ao terceiro dia, já cansados? Estamos apenas começando, e as coisas tendem a pirar ainda mais daqui pra frente. Bem vindos a melancolia noturna e até o próximo post.

0 comentários:

Postar um comentário